Jacaré ‘Jack’ é despejado de condomínio em Sorocaba

O jacaré-de-papo-amarelo conhecido como ‘Jack’, que vivia no lago de um condomínio de luxo, em Sorocaba, foi ‘despejado’ na manhã desta quinta-feira (21). Policiais ambientais fizeram a captura do réptil e o transferiram para outro lago existe no próprio quartel da Polícia Ambiental na cidade, que fica na mesma região. ‘Jack’ ficará em sua nova morada também na condição de ‘inquilino’, até ser encontrado um local apropriado para sua transferência definitiva.

Os moradores vinham pedindo a retirada do jacaré depois que o bicho passou a circular pelos arredores do lago e atraiu a curiosidade de algumas crianças. O condomínio tem cerca de 300 casas e é todo cercado com muros, sendo o lago do jacaré sua principal atração. O córrego que forma o manancial é o mesmo que abastece o pequeno açude existente no batalhão da Ambiental.

Os policiais usaram um laço para apanhar o réptil, quando este saiu do lago para tomar banho de sol, nas primeiras horas da manhã. Para transportar o bicho para fora do condomínio, eles enrolaram a cabeça do réptil com um cobertor. Normalmente tranquilo, segundo relato dos moradores, ‘Jack’ ficou irritado e deu muito trabalho quando os policiais tentaram retirar a corda que o prendia. Depois de várias tentativas, o laço foi desfeito e ele mergulhou no lago.

O jacaré, que tem 4,5 anos, segundo os policiais, foi visto no lago pela primeira vez há três anos, quando ainda era filhote. Alguns moradores, que defendiam a permanência do animal no lago, não gostaram do ‘despejo’ forçado. “Ali era o habitat dele e nós é que somos os invasores”, disse um condômino que pediu para não ser identificado.

Related posts

*

*